3 ferramentas de Analytics para o seu site

Se tem um site, as ferramentas de Analytics são muito importantes para conhecer os seus visitantes e melhor adaptar a sua página ao target. Por exemplo, se souber a resolução do ecrã que a maior parte dos seus visitantes tem ou conhecer o browser preferido, conseguirá tomar decisões que melhorem substancialmente a experiência de navegação. No mundo dos Analytics, a ferramenta mais popular é o Google Analytics, tratando-se de uma solução muito completa. No entanto, hoje vamos abordar outras 3 ferramentas, não tão populares mas igualmente úteis para si.

Woopra
O Woopra não é gratuito mas é talvez de todas as ferramentas, aquela que tem o interface mais apelativo. O Woopra permite estatísticas em tempo real, podendo assistir ao que os visitantes fazem no seu site em directo no dashboard e até falar com eles via chat. Também é possível avaliar campanhas de SEA ou o comportamento dos seus clientes na loja online, se existir, graças à capacidade de Funnel Analytics, que lhe indica o comportamento dos utilizadores em cada passo do processo até ao checkout.

Clicky
O Clicky também lhe dá estatísticas em directo e permite até obter dados do Twitter. Também lhe dá analytics de vídeo, no caso de leitores HTML5 ou Flash. A versão gratuita permite-lhe acompanhar 1 site, sem direito a funções premium como tracking de downloads.

Chartbeat
O Chartbeat é utilizado por empresas como a Groupon, Electronic Arts ou Starbucks. Para além de analytics, pode alertá-lo por SMS na eventualidade do seu site estar em baixo ou ter páginas muito lentas. É, no entanto, a solução mais dispendiosa das 3.

Recordamos que os clientes Páginas Amarelas já têm uma ferramenta de Analytics integrada, de forma totalmente gratuita, o Business Centre. Para além de conhecerem as fontes de tráfego, o número de visitas, o tempo médio no site ou as páginas mais populares, têm também acesso a todas as estatísticas relacionadas com as chamadas recebidas (se aplicável), como a origem, a duração da mesma ou a área de negócio.

Leave a Reply