Category Archives: SEO

Artigos relacionados com Search Engine Optimization

Como fazer a melhor escolha para a Criação do seu Site?

Como fazer a melhor escolha para a Criação do seu Site?

No mundo do online chegámos a um ponto que a saturação se confunde com um carrinho de supermercado: levamos 20 coisas quando afinal precisávamos de 10.

As tendências de Marketing Digital estão em constante mutação e a oferta e a procura no online tornaram-se tão massivas em certas áreas que os próprios sites e a sua criação chegam a ser o produto de maior excedente em oferta que existe a nível da presença empresarial na internet.

A verdade é que hoje em dia todos são criadores de sites, mas nem todos têm capacidade para mantê-los. Assim como, devido à  conjuntura atual cada vez mais aparecem pessoas a pesquisar como fazer sites para tentar criá-los sozinhos.

Se resumirmos bem a situação teremos que basear a nossa  escolha em diversos tipos pessoas que criam sites e diferentes tipos de sites a criar.

construção de sites

3 tipos de ‘Criadores de Sites’

  • Site Builders – Numa construção de uma casa ou empreendimento precisamos do arquiteto, do engenheiro, do empreiteiro e claro, dos obreiros. Num site, consoante o que se deseja, a diferença não é muita. Há que saber desenhar o site, para o que existe o webdesigner, há que tratar da parte técnica, de desenvolvimento e alojamento, o webdeveloper, e há o que trata do conteúdo, o web copywriter. Mas nos dias de hoje online, temos o ‘faz tudo’. Problema: e depois do edíficio construído quem é que trata do condomínio?

  • DYI (Do It Yourself) –  como o próprio nome indica, é o mundo dos ‘faça você mesmo’. Aqui, muitas vezes para evitar investimento, o próprio dono do negócio tenta aprender a construir o seu site e lançar-se numa aventura a solo. O que nem sempre é errado. Numa 1ª instância o ‘faça você mesmo’ ensina a perceber o papel das várias  peças do puzzle, como o alojamento, o design ou a importância do conteúdo e dos motores de busca. O problema é dar continuidade, devido ao consumo de tempo que exige para permitir melhorar como alguém do ramo saberia.

  • Site Keepers – Os Site Keepers são a equipa maravilha que muitas vezes não precisa de ser mais que um ‘well-rounded marketeer’. Estes, não só conhecem as melhores plataformas de alojamento, os domínios confiáveis, chamados de top level domains, os melhores CMS’s ( Content Management Systems) onde se gere os conteúdos do site, como percebem de usabilidade e design web, assim como têm conhecimentos sólidos de SEO, ou Search Engine Optimization, que permite aumentar a relevância dos sites para os motores de busca como o Google. Ou seja,  os Site-Keepers vão desde a criação do site à sua manutenção e monitorização. Estão atualizados sobre as últimas mudanças no mundo online, como as tendências mobile e sites adaptados a telemóvel,  e fazem do seu site uma solução completa online tornando-o um angariador de contactos, que atrai clientes e gera ações direcionadas, para conseguir mais do que só tráfego para o seu website,  garantindo sempre o seu bom posicionamento!

criaçao de sites_sitekeepers

Que site quer criar?

Quando falamos em criação de sites podemos pensar em diversos tipos:

  • Personal Website – Cada vez mais os sites pessoais são  ‘CV’s Online’, onde muitos indivíduos já espelham a sua identidade profissional como forma de Marketing Pessoal, ou mesmo para divulgar serviços de consultoria.

  • Sites Comunitários – Comunidades de diversos setores, que servem sobretudo como fóruns de discussão sobre temáticas desse mesmo setor. Muito utilizados para conseguir descobrir respostas a questões de pessoas com experiências semelhantes, como por exemplo sites comunitários para quem vai casar.

  • Portais, Diretórios e Agregadores – são os sites que agregam informação sobre vários setores ou temáticas de interesse. Como por exemplo: O Diretório de Empresas Online das Páginas Amarelas.

  • Blogs – os blogs foram os primeiros ‘sites’ que se aproximaram da social media, uma vez que visam conteúdo mais dinâmico e atualizado. São pensados para diversas utilidades, desde artigos relacionados com setores específicos, a artigos sobre marketing online para empresas, como aquele que estão a ler neste momento, ou mesmo para hobbies de utilidade para outros consumidores, como blogs de receitas ou novelas. Hoje em dia existe quase como profissão não oficial, o ‘professional blogger’ que vive apenas de blogs que ganharam nome no mercado.

  • Sites de Empresas e Negócios – Seja em formato mais comercial, como sites de e-commerce, ou sites mais institucionais, os sites de empresas são sites com um look&feel mais profissional, devido exatamente à identidade e imagem de marca que veiculam. Nestes sites disponibilizam-se dados das empresas em questão, serviços e produtos.

Depois de considerados os tipos de Criadores de Sites e tipos de Site, o exercício correcto seguinte é encaixar as peças. Mas um encaixe que,muitas vezes  pode passar despercebido e menos lógico é na realidade o mais impactante no que toca a retorno online, se estivermos a pensar num negócio online que pretenda angariar clientes:

criar sites profissionais_sitekeepers

Para a maior parte das pequenas e médias empresas, uma solução DYI ou de Site Builders parece de longe a mais poupada, mas pode sair mais dispendiosa do que o previsto. E não, a premissa ‘tempo é dinheiro’ não passou de moda, se qualquer outra coisa, está mais atual que nunca.

No contexto atual, a escolha de fazer o próprio site ou de recorrer ao ‘amigo que até percebe disso’ pode sair mais caro a longo prazo. Porquê?

  1. Gastos desnecessários em alojamento não apropriado

  2. Gastos desnecessários em bancos de imagens

  3. Falta de disponibilidade diária para fazer a monitorização posterior do site

  4. Consequente falta de atualizações de SEO e Copywriting que prejudicam o posicionamento futuro do Site

  5. Perda de tráfego e visitas ao site e consequente perda de potenciais clientes

  6. Site desatualizado e pouco valorizado pelo Google

Uma pequena empresa, hoje em dia já tem opções viáveis de serviços de Construção e Manutenção de Sites Otimizados que incluem domínio próprio, alojamento, conteúdos personalizados e atualizações e acompanhamento de resultados.

A situação é que muitas vezes o foco não está na solução, mas no problema, e tanto um como o outro são uma questão de perspetiva: uns veem o copo meio vazio, outros meio cheio.

Um investimento de 2€/dia no Site da sua empresa parece-lhe baixo ou alto?

A empresa com a perspetiva de investimento positivo vai poupar noutros  gastos irrisórios para reinvestir exatamente o mesmo valor por dia num site profissional para aumentar o sucesso do seu negócio online.

A questão é: que tipo de empresa é a sua?

Se não tiver dúvidas e realmente quiser investir num Site que pode proporcionar mais retorno e clientes para o seu negócio invista num Site Keeper e num Site de Empresa Profissional.

 

Oferta de Emprego – Gestor de Campanhas Google AdWords

Estamos a recrutar um Gestor de Campanhas Google AdWords

Estamos a recrutar um Gestor de Campanhas Google AdWords para a criação e gestão de campanhas AdWords dos nossos clientes. 

Desde 2011 que somos Parceiros Premium do Google AdWords para PME’s, desenvolvendo e gerindo campanhas com elevado retorno. Neste momento pretendemos reforçar a nossa equipa com um Gestor de Campanhas Google AdWords! Se acha que tem o perfil indicado, candidate-se já!

Requisitos Obrigatórios

| Licenciatura em Marketing, Gestão, Comunicação ou áreas afins;
| Formação complementar em Marketing Digital, nomeadamente em Social Media e Google AdWords;
| Experiência comprovada em gestão de campanhas de Google AdWords em contexto empresarial – experiência significativa mínima de 4 anos;
| Experiência em campanhas PPC;
| Experiência em campanhas Google Display Network, Gmail Ads e Email Marketing;
| Experiência em gestão de campanhas de conversão e e-remarketing;
| Experiência em campanhas de vídeo Ads, Youtube Ads (True View);
| Bons conhecimentos de Inglês;
| Bons conhecimentos de SEO e SEA;
| Empatia, orientação para o cliente e para os objetivos;
| Capacidade de trabalho sobre pressão;
| Capacidade de trabalhar em contextos de mudança.

 

ZONA: Lisboa – Parque das Nações

Horário: De 2ª a 6ª feira das 09:00 às 18:00

Envia a tua candidatura, indicando a referência RH_GA_01016para carreiras@paginasamarelas.pt

 

Importância do PageRank e Erros a evitar em SEO

Tal como mencionámos nos últimos artigos de SEO, depois de listar as principais técnicas de SEO vamos agora desmistificar a importância do Pagerank do Google e apontar os principais erros que se devem evitar a nível de SEO, ou seja, nos artigos anteriores falámos dos “Do’s” e agora falaremos dos “Dont’s”!

Page Rank: qual a importância do Pagerank para o Google actualmente?

DEFINIÇÃO DE PAGERANK

Antes de falar do peso do PageRank vamos definir exatamente o que é este conceito: o PageRank é um algoritmo de análise de links que atribui um peso numérico a cada um dos elementos de um conjunto de documentos ou páginas hiperligados (com links entre si). Ao calcular esta métrica o Google define o quão particular uma determinada página de internet é através da importância qualitativa e quantitativa que atribui a estes links, o seu posicionamento, se são externos ou internos, visibilidade, entre outros.

Nos primeiros anos de existência do Google, o PageRank foi um dos principais fatores a afetar os resultados de pesquisa, mas com o passar do tempo, e sabendo desta mesma importância, os profissionais de web, ou webmasters, aperfeiçoaram técnicas de manipulação de estruturas de links internos ou de aquisição de links pagos vindos de páginas com PageRank elevada.

Para contrariar esta tendência o Google fez alterações ao seu algoritmo, alterando com isso a relevância do PageRank, que, não deixando de ser importante, passou a ser mais um entre os cerca de 200 parâmetros considerados no algoritmo do Google.

Assim há que reter 3 pontos importantes:

  1. Porquê o Pagerank para calcular Rankings? Os melhores resultados devem vir de fontes fidedignas, e aí entra o Pagerank que dá um determinado valor, numa escala de 1 a 10, consoante a qualidade/credibilidade de um domínio
  2. O Page Rank continua a ter importância para efeitos de SEO, pois se o número de links e a sua estrutura são factores considerados na qualidade do site, logo quão melhor for o Pagerank, mais facilmente as páginas serão indexadas no Google.
  3. O Page Rank não pode ser o único focus, ou o focus principal: se em cerca de 200 elementos apenas trabalharmos 1 a taxa de sucesso será pouco elevada. O SEO deve ser trabalhado tendo em conta todos os principais parâmetros do algoritmo do Google e não apenas 1.

Agora que já tirámos o elefante do Pagerank da sala vamos passar às outras divisões, ou seja, aos principais erros a evitar em SEO.

Erros a evitar em SEO

  • Conteúdo duplicado – copiar o conteúdo de outro site já existente ou ter diversas páginas com omesmoconteúdo não é considerada uma boa prática pelos motores de pesquisa e pode ser penalizante.
  • Sobrevalorizar o Pagerank pode levar aos erros cometidos anteriormente como tentar comprar links de páginas com um Pagerank elevado ou dar demasiado peso ao valor na escala do Pagerank e isto não vai trazer benefícios de SEO a longo prazo.
  • Black Hat SEO – “what you see is what you get” deve ser a máxima.
    • Evitar colocar texto ou links invisíveis (por exemplo, da cor do fundo para estar lá a keyword, mas escondida)
    • Cloaking e Doorway page – Camuflar o conteúdo real da página e utilizar redireccionamentos não autorizados
    • Keyword stuffing – O conteúdo das páginas deve ser sempre conteúdo de qualidade, espetar um monte de keywords sem nexo numa página não é uma boa estratégia de SEO
    • Excesso de Links – Link building como qualquer outra prática não deve ser efetuado em excesso, se tivermos cerca de 150 links internos ou externos criados num curto espaço de tempo em que metade deles são desnecessários a página pode ser penalizada.

E assim concluímos a nossa maratona SEO! Mas como gostamos sempre de deixar uma porta aberta ao conhecimento e expertise online para as empresas que pretendam estar no mercado online deixamos aqui alguns links de sites credíveis que estão sempre actualizados com as últimas novidades de SEO e Marketing para Motores de Busca.

http://www.seomoz.org/

http://searchengineland.com/

http://www.webseoanalytics.com/blog/

Nos próximos artigos vamos começar a explorar a publicidade em motores de pesquisa – Search Engine Advertising abreviado de SEA.

Se pretende saber mais sobre a nossa experiência em Marketing digital ou contactar connosco para mais informações vá a http://paginasamarelas.pai.pt/

Acompanhe também a nossa novidades na nossa página do facebook em https://www.facebook.com/paginasamarelas.pt

SEO – Motores de Busca, Conteúdo e Metatags

No nosso último artigo explicámos que o marketing para motores de pesquisa é composto por 2 técnicas: o SEO e o SEA.


Neste artigo vamos explicar em maior detalhe o que é o SEO – otimização para motores de busca. Trabalhar o SEO de um site passa por trabalhar o conteúdo, os links a estrutura das páginas e os seus nomes entre outros. Por isso, quando pensar em criar um site não o faça sem antes investigar que conteúdo é importante colocar no seu website, como e onde.

Em Portugal os motores de busca com maior utilização são o Google, o Sapo, o Yahoo e o Bing, sendo que o Google tem + de 95% da utilização pelo que é normalmente o motor de busca onde é efetuado o mais esforço de otimização SEO.

Como funcionam os motores de busca?

Os motores de pesquisa  percorrem todos os Websites que estão na internet e guardam no seu índice de dados (o índex dos motores de pesquisa) a cópia destas mesmas páginas. Por forma a manter a informação atualizada o motor de pesquisa repete esta indexação com uma frequência variável e avalia cada site por nível de importância.

Quando alguém efetua uma pesquisa (search query) no motor de pesquisa, o mesmo vai procurar no seu índex e devolver todos os resultados que contenham as palavras (keywords) da pesquisa efetuada.

Por exemplo: se procurar “reparações ao domicílio” no Google ele vai procurar páginas que tenham estas palavras em sites que ele considere importantes.

Mas como é que o Google considera a informação do seu Website importante?


Não é num passe de mágica que um motor de pesquisa faz isto. O motor de pesquisa tem um algoritmo de relevância que depois vai ditar a ordem pela qual os resultados aparecem. E é para aparecer nesta lista bem posicionado que se otimizam os sites.

Alguma vez foi para além da 3ª página do Google? Os utilizadores normalmente não passam das primeiras 3 páginas de resultados pelo que é muito importante garantir um bom posicionamento na lista de resultados. Para garantir que a sua empresa está bem posicionada nestes primeiros resultados deve efetuar um conjunto de técnicas, a estas  técnicas para melhorar os sites e fazê-los aparecerem bem posicionados chamamos técnicas de SEO.

Trabalhar o SEO significa otimizar o seu site e as suas páginas para que o mesmo seja considerado relevante para as pesquisas que os utilizadores fazem.

Não vamos conseguir explicar SEO de fio a pavio, por isso neste artigo vamos começar por ajudá-lo respondendo a algumas das perguntas que deixamos no último artigo:

  • Em SEO o conteúdo do seu site importa?
  • O que são metatags?

Em SEO o conteúdo do seu site importa?

O conteúdo é o mais importante no SEO. Costuma-se dizer que em SEO o conteúdo é Rei.

Tal como vimos em cima os motores de busca guardam uma cópia das páginas e dos seus conteúdos no seu index e é com base nesse conteúdo que depois a página será considerada mais ou menos relevante para uma determinada pesquisa.

Considerando o exemplo anterior: Se pesquisarmos por “reparações ao domicílio” e existirem 2 páginas, uma com conteúdo genérico de reparações e outra com conteúdo detalhado de reparações ao domicílio, esta segunda é com certeza um melhor resultado para a pesquisa por “reparações ao domicílio”. No entanto é necessário que o conteúdo esteja escrito de forma interessante para cativar o interesse dos utilizadores. Os motores de pesquisa também têm em consideração a qualidade e a credibilidade dos conteúdos.

Tenha em conta também que quando falamos de conteúdo do conteúdo da sua página falamos de tudo: texto, imagem, vídeos, links, etc.

Uma dica extra: a pesquisa cada vez é mais local, por isso é importante também colocar a sua localização e área de abrangência da sua atividade. Por exemplo: “reparações ao domicílio em coimbra

O que são as metatags?

Falámos acima da importância do conteúdo, e agora vamos falar do conteúdo mais importante! As metatags são o conteúdo que é trabalhado diretamente para os motores de pesquisa. É conteúdo que não está visível no site, mas que depois é utilizado pelos motores de busca quando os mesmos mostram os resultados. As metatags mais importantes para o SEO são a Title Tag (Meta-título), e a Description tag (Meta-descrição), sendo que existem outras metatags, tais como keyword tags e H-tags (H1, H2, H3, etc).

Em baixo um exemplo do que é a Title tag e a description tag na lista de resultados.

Visto que ambas as tags aparecem nos motores de busca é importante que as mesmas traduzam a ideia principal da página e que espelhem o seu conteúdo.

A Title Tag deve conter poucos termos e os principais do tópico da sua página ou da sua área de actividade ou empresa.

A Description tag deve ser informativa e de preferência incitar ao clique, ou seja, ser call-to-action.

Exemplos:

Title Tag Description tag
Receitas fáceis e rápidas Faça o jantar em 15 min! Encontre aqui receitas rápidas e fáceis de confeccionar.
Lardocelar – Casa de Repouso Encontre aqui o seu Lar: Casa de Repouso e Centro de Dia
Reparações ao Domicílio Fazemos reparações ao domícilio. Ligue já e estaremos rapidamente em sua casa.

No próximo artigo iremos continuar a escrever sobre este tema e responder às restantes perguntas:

  • Sabe a diferença entre SEO onpage e offpage?
  • Sabe qual a importância do page rank para o seu site?

Se pretende saber mais sobre a nossa experiência em Marketing digital ou contactar connosco para mais informações vá a http://paginasamarelas.pai.pt/

Acompanhe também a nossa novidades na nossa página do facebook em https://www.facebook.com/paginasamarelas.pt

Marketing para Motores de Pesquisa: Porquê?

Conforme mencionámos no artigo anterior o Marketing online em Portugal continua em crescimento e existe uma maior necessidade das empresas estarem neste meio. Mas a questão não é só ESTAR na Internet é SABER ESTAR e aliado a isso vem a importância de perceber como funciona o meio digital e o Marketing para Motores de Pesquisa.

Mas o que é realmente Marketing para motores de busca?

 

A definição oficial é muitas vezes utilizada apenas com uma sigla: SEM. Que, trocando em miúdos, significa Search Engine Marketing ou, em português, Marketing para motores de busca.

Existem diversos motores de pesquisa no mercado, mas o mais utilizado em Portugal é o Google com mais de 95% de share a nível de utilização nacional, pelo que este será o focus no nosso artigo.

 
 

SEM, ou marketing para motores de busca, comporta dois tipos de técnicas de marketing diferenciadas: SEO e SEA.


SEO (Search Engine Optimization, ou, Optimização para motores de busca) refere-se aos resultados orgânicos no Google.

É uma técnica que trabalha o conteúdo tanto dentro (onpage) como fora  do próprio site (offpage), de modo a que este esteja optimizado e seja reconhecido pelo Google como “um bom site”,  com conteúdo relevante para a pesquisa efetuada pelo utilizador.

SEA (Search Engine Advertising, ou, Publicidade em Motores de Busca) refere-se aos links patrocinados do Google.

Aqui a técnica baseia-se em licitar “à priori” as palavras-chave, ou keywords, que os utilizadores vão utilizar na pesquisa. Estas keywords vão a leilão em cada pesquisa efetuada no Google e através deste leilão determina-se o custo que, neste caso, é pago por clique (PPC = Pay-Per-Click).

Existem ainda discordâncias quanto ao SEO fazer parte da dinâmica de marketing nos motores de busca, mas hoje em dia é indiscutível que os resultados orgânicos não são facilmente trabalháveis e que é, cada vez mais, necessário recorrer a empresas especializadas em otimização de sites para motores de pesquisa e que esta é uma técnica de marketing que requer conhecimento e expertise online.

Ainda assim não acredita que a sua empresa tenha lugar no mercado online? Pense outra vez, porque a informação que lhe vamos dar de seguida vale ouro!

Agora que já definimos um pouco os conceitos vamos ao que interessa às empresas: Onde estão as vantagens?

Vantagens de Search Engine Marketing

De um modo geral SEM traz as seguintes vantagens:

  • Chegar aos compradores localmente – 74% dos utilizadores online efetuam pesquisas locais
  • Gerar vendas offline – 9 em cada 10 pessoas pesquisam antes de fazer uma compra
  • Fazer negócio – 41% dos decisores B2B utiliza motores de busca para encontrar outras empresas com quem quer fazer negócio
  • Aumentar tráfego para o seu Website
  • Aumentar o público abrangido
  • Combater a concorrência

Cada uma das 2 técnicas, SEO e SEA, traz diferentes benefícios dependendo do intuito do negócio.

Vantagens de Search Engine Advertising

Os resultados de SEA aparecem sempre no topo da página de pesquisa Google ou na lateral direita sob a forma de links patrocinados. Na prática são Campanhas Google Adwords que permitem o seguinte:

  • Anunciar num posicionamento privilegiado quando os utilizadores procuram por produtos ou serviços que a sua empresa fornece
  • Limitar os anúncios apenas à zona geográfica onde atua
  • Potenciar o tráfego do seu Website
  • Totalmente mensurável e quantificável

Vantagens de Search Engine Optimization

Os resultados de SEO aparecem na esquerda/centro da página de pesquisa Google e a Optimização de conteúdos para motores de pesquisa permite o seguinte:

  • Optimizar domínio e a meta-informação, texto, imagens, estrutura e layout
  • Surgir bem posicionado no Google
  • Aumentar tráfego para o seu Website
  • Gerar maior retorno pois o Google valoriza a qualidade do conteúdo
  • Aumentar o Page Rank do Website
  • Aumentar visibilidade e brand awareness

No próximo artigo vamos falar ao detalhe de um destes dois pólos de marketing para motores de busca: SEO. E para pensar nas cenas dos próximos capítulos deixamos aqui umas questões:

  • Em SEO o conteúdo do seu site importa?
  • O que são metatags?
  • Sabe a diferença entre SEO onpage e offpage?
  • Sabe qual a importância do page rank para o seu site?

Se pretende saber mais sobre a nossa experiência em Marketing digital ou contactar connosco para mais informações vá a http://paginasamarelas.pai.pt/

Acompanhe também a nossa novidades na nossa página do facebook em https://www.facebook.com/paginasamarelas.pt

MySite – O Melhor Site para Anunciar Online

MySite recebe o IMA 2010 para melhor produto na categoria de Motor de Pesquisa/Directório.

A Interactive Media Awards, competição internacional que anualmente destaca os melhores exemplos em Design de Websites, Inovação e Desenvolvimento, premiou a mais recente oferta em pai.pt, como sendo o melhor produto na categoria de Motor de Pesquisa/Directório.

O juri dos IMAs avalia os websites com base em 5 critérios: Design, Conteúdo, Funcionalidade, Usabilidade e Conformidade com as Normas. Para ganhar o prémio um site tem que se destacar neste 5 critérios, mostrar claro avanço face à concorrência e merecer ser a primeira escolha do seu mercado-alvo.

Para os que ainda não conhecem, o MySite é uma das soluções que as empresas nas Páginas Amarelas têm para anunciar na internet. Sendo por isso que às vezes vemos páginas de detalhes com o look do pai.pt e outras com uma imagem totalmente customizada.

O que faz o MySite merecer o prémio é a quantidade de opções facilmente adicionáveis a um site. Para ter qualquer um ou todos estes módulos activos basta clicar em “adicionar”:

Opções no mySite

A parte de gestão de conteúdos traz um bónus. Para além de podermos personalizar, actualizar e enriquecer todo o conteúdo que fica disponível a quem procura, também podemos editar a informação que fica visível nos motores de pesquisa, ou seja, a title tag e a meta description, dois dos elementos mais importantes de SEO – Search Engine Optimization.

No final, basta aceder ao Advertiser Lounge para ter acesso às estatísticas de utilização!

O que acham?

“SEO e a luta pelos rankings no Google”

Optimizar a presença de uma empresa, da sua marca, produtos e serviços nos principais motores de pesquisa (SEO – Search Engine Optimization) nunca teve tanto enfoque como hoje, no seio das estratégias de marketing online.

Conseguir posições de destaque nas primeiras páginas do Google, Bing ou Yahoo ultrapassa a necessidade de obter mais visibilidade e já toca quase a obsessão, atingindo elevados níveis de competitividade em alguns países como os Estados Unidos, Reino Unido, Espanha ou Alemanha.

O objectivo é claro: conseguir a melhor posição nos resultados orgânicos do motor de pesquisa de forma a atrair mais tráfego para as páginas de um site e para um conjunto de palavras-chave alvo (keywords). Estas correspondem às pesquisas efectuadas directamente pelos utilizadores nos motores de pesquisa. É para estas que se tenta sempre posicionar o nosso site, da melhor forma possível.

Search Engine Optimization

Uma empresa que se dedica à venda de viagens online deverá ter como objectivo obter um bom posicionamento para palavras-chave como “viagens”, “agência de viagens”, etc. Sendo o volume de pesquisas no google.pt elevado para “viagens” (cerca de 100.000 pesquisas mensais) deverá ser objectivo da empresa ter o seu site o mais optimizado possível para essa palavra-chave, por forma a atrair mais visitantes e angariar contactos e leads de negócio.

Para pequenas, médias e grandes empresas, as vantagens de uma aposta forte em actividades SEO são claras:

  • apresentar a marca e a empresa, perante milhões de utilizadores, de uma forma gratuita;
  • potenciar o crescimento da empresa, no caso de se dedicar à comercializacão de bens e serviços;
  • dispensar um investimento de capital permanente e elevado;
  • desfrutar de um volume de utilização avassalador de motores de pesquisa como o Google, estando os potenciais clientes “ali mesmo”;
  • ter uma actividade que não se paga por click, lead ou transacção (como por exemplo, o programa Google Adwords onde o custo é por click – Pay for Performance). No SEO, os utilizadores ou clientes chegam ao nosso site, através do Google, e não pagamos por isso;
  • credibilizar a presença online – sabemos por estudos de Focus group e de eye tracking que os utilizadores clicam mais nos resultados orgânicos do que nos links patrocinados (campanhas Pay per click, como o Google Adwords);
  • Contar de forma gratuita com as ferramentas necessárias para a gestão de ciclos de optimização.

Mas que factores podem influenciar este posicionamento nos motores de pesquisa? Continue reading “SEO e a luta pelos rankings no Google”

Relatórios SEO para clientes Páginas Amarelas

Oferta exclusiva para clientes com myDomain.

 

Os novos relatórios de tráfego já estão disponíveis no Advertiser Lounge! Para além das funcionalidades já disponíveis, agora também é possível obter relatórios de SEO.

Para aceder, entre na sua conta e aceda ao novo menu “Documentos”. Os relatórios de SEO serão disponibilizados trimestralmente, com sugestões de optimização e informação detalhada sobre seguintes resultados dos sites myDomain:Advertiser Lounge

  • Posição no Google: informação da posição do seu site, nos resultados de pesquisa do Google;
  • Análise da informação disponível aos motores de pesquisa: detalhe dos conteúdos de texto nas “Tags Título”, “Meta tag Keywords” e “Meta tag Description”;
  • Conteúdo do site: informação da última actualização efectuada ao site, conteúdos de texto, Rich Media e outros conteúdos activos no site;
  • Sugestões de actividades para ajudar o posicionamento do site em SEO: Backlinks e sugestão de sites com conteúdos relevantes de SEO.

Para obter o myDomain contacte-nos para mais informação e tenha acesso a:

  • Backoffice para:
    • Actualizar toda a informação sobre os seus Serviços e Ofertas Sazonais;
    • Personalizar a informação que fica visível nos Motores de Pesquisa
    • Adaptar as cores à imagem da sua empresa;
  • Adicionar imagens
  • Número ilimitado de páginas web para inclusão de conteúdos
  • Relatórios de Search Engine Optimization

O Advertiser Lounge é uma ferramenta de medição ROI (Return on Investment), personalizada e disponível através do seu login de cliente em cliente.pai.pt. Se ainda não tem a sua password de acesso, teremos todo o gosto em a fornecer, basta contactar o nosso Serviço a Clientes através do número 218989555.